Você comentou que poderíamos priorizar o processamento para aplicações ou serviços, a depender da necessidade, e que poderíamos fazer isso no Windows XP. Posso priorizar serviços no XP? Ao fazer isso, o meu PC, que até então é uma máquina para usuários, ficaria com atributos de servidor, podendo ser usado para tal finalidade? (Roberto Cavalcante - Fortaleza)

Uma das grandes diferenças entre um Windows para usuário e um Windows para servidor é a prioridade dada aos processos do Gerenciador de Processos do sistema operacional. Um usuário espera, com um clique, ter sua aplicação rodando com o menor tempo de resposta possível. "Clicou e abriu". Mas se a aplicação rodar em cima de um serviço do sistema e este serviço precisa ser entregue a outros computadores, isto faz dele um servidor. Como a sua prioridade é em cima das aplicações, os serviços apresentarão um desempenho nada parecido com um sistema para servidores.

Uma build recente do Windows Blue (8.1?) revelou a todos mais uma novidade. A versão vazada da provável atualização do Windows 8 permitiu que qualquer um pudesse varrer o sistema de cima a baixo em busca de novidades.

A mais recente é a descoberta do suporte ao Resilient File System, ou ReFS, na build 9369 do novo Windows. Parece que finalmente a Microsoft vai suportar o novo sistema de arquivos em sistemas além do Windows Server 2012. Rumores da época diziam que o ReFS estava previsto para chegar com o Windows 8 em 2012, mas acabou sendo pulado e lançado apenas com a nova versão do Windows Server.
Windows 8.1 disponibiliza opção ReFS durante uma formatação.